Abastecimento rural de água:

uso e demanda em comunidades do Semiárido e a disponibilidade hídrica das aluviões

Autores

  • Tiago Oliveira Caetano UFPE
  • Anderson Luiz Ribeiro de Paiva
  • Simone Rosa da Silva
  • Artur Oliveira Paiva Coutinho Universidade Federal de Pernambuco
  • José Almir Cirilo Universidade Federal de Pernambuco
  • Jaime Joaquim da Silva Pereira Cabral Universidade de Pernambuco e Universidade Federal de Pernambuco

Palavras-chave:

demanda hídrica; abastecimento de comunidades rurais; aluvião.

Resumo

Ofertar água em quantidade e qualidade necessárias no semiárido brasileiro é um desafio longe de ser superado, ainda mais quando se trata de comunidades rurais difusas. Conhecer usos, demandas e fontes de água é vital para melhor gerenciamento em cenário de escassez hídrica. As aluviões são uma alternativa considerável na perspectiva de melhor convivência com esta realidade. Para o trecho no Alto Rio Capibaribe, identificou-se as características de uso, as demandas e os tipos de mananciais hídricos mais relevantes em comunidades rurais no semiárido. Também se avaliou a disponibilidade hídrica da aluvião na área. Obteve-se a granulometria, os parâmetros de condutividade hidráulica e porosidade e a estimativa dos recursos exploráveis. A população usa água de diferentes fontes de forma combinada. A água das cisternas é usada quase que exclusivamente nas atividades domésticas mais nobres, enquanto a armazenada na aluvião é usada prioritariamente nas menos nobres e na agricultura familiar e criação animal. De maneira geral, a limitação de acesso a água determina quais atividades produtivas podem ser realizadas. Os sedimentos que compõem a aluvião foram classificados como areias de médias a grossas. O potencial estimado de volume de água explorável das aluviões as credenciaram como o principal manancial de abastecimento dessas comunidades.

Biografia do Autor

Anderson Luiz Ribeiro de Paiva

Professor Associado na área de Recursos Hídricos, lotado no Departamento de Engenharia Civil e Ambiental (DECIV) do Centro de Tecnologia e Geociências (CTG) da UFPE, Recife-PE.

Simone Rosa da Silva

Professora Associada da Escola Politécnica da Universidade de Pernambuco

Artur Oliveira Paiva Coutinho, Universidade Federal de Pernambuco

Professor Adjunto no Núcleo de Tecnologia do Centro Acadêmico do Agreste (CAA) da UFPE, Caruaru-PE.

José Almir Cirilo, Universidade Federal de Pernambuco

Professor Titular no Núcleo de Tecnologia do Centro Acadêmico do Agreste (CAA) da UFPE, Caruaru-PE.

Jaime Joaquim da Silva Pereira Cabral, Universidade de Pernambuco e Universidade Federal de Pernambuco

Professor Titular no Departamento de Engenharia Civil e Ambiental (DECIV) do Centro de Tecnologia e Geociências (CTG) da UFPE, Recife-PE e Professor da Escola Politécnica da Universidade de Pernambuco.

Downloads

Publicado

2021-02-04