Associação Brasileira de Recursos Hídricos
 
Facebook
Linkedin
Twitter
SISTEMA DE REVISÃO: SUBMETA SEU ARTIGO
   
Login / Cadastre-se
 
Clique para ampliar...
REGA - Revista de Gestão de Água da América Latina - ISSN 2359-1919
VOLUME. 9 - Nº. 1 - JAN/JUN - 2012
ARTIGO
Fluxos de sedimentos em suspensão e metais em uma bacia urbana de cabeceira
Resumo:
Grande parte dos sedimentos transportados em bacias hidrográficas ocorre durante os eventos de chuva. Por isso, a avaliação temporal da concentração de sedimentos deve ser realizada por meio de um programa de monitoramento capaz de coletar amostras durante os eventos de cheia e estiagem. Em pequenas bacias urbanas, a dificuldade em se obter uma curva-chave de descarga de sedimentos em suspensão é muito grande, principalmente devido aos diferentes tipos de fontes ou material estocado, que estarão disponíveis para serem carreados da bacia para dentro do corpo dágua. Um exemplo disto é a quantidade de sedimentos depositados na drenagem pluvial e nas ruas pavimentadas, refletindo em variações bruscas de concentração. Assim, o presente trabalho teve o objetivo de estimar os fluxos de sedimentos em sus- pensão e metais (Zn e Ni) que foram exportados através do exutório de uma bacia hidrográfica na região metropolitana de Porto Alegre/RS nos anos de 2004 e 2005. As descargas sólidas calculadas resultaram em 51,06 ton.km.2 .ano 1 para o ano de 2004 e em 47,72 ton.km.2 .ano -1 para o ano de 2005. As concentrações de Zn apresentaram uma média de 330,41 g.g 1 e as de Ni em uma média de 13,58 -g.g -1 . Através das estimativas dos fluxos dos metais que estão sendo exportados anualmente pela área de estudo, obteve-se uma média de 0,67 kg.km-2 .ano. 1 para o Ni e a média de 16,32 kg.km 2 .ano -1 para o Zn. Por ser de uma área residencial, a produção de sedimentos e os fluxos de metais podem ser considerados altos e, consequentemente, resultam em sérios problemas ambientais (físicos e químicos) que comprometem o ecossistema aquático à jusante.  
Palavras-chave: Fluxo de sedimentos; bacia hidrográfica urbana; metais. 

 

 

46 visualizações   28 downloads     Contabilizado a partir de 10/08/2014

 

 

 
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA
DE RECURSOS HÍDRICOS

Onde Estamos
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Caixa Postal 15029 - CEP 91501-970 - Porto Alegre - RS - Brasil

Nossos Contatos
Fone: (51) 3493 2233 / 3308 6652 - Fax: (51) 3493 2233 - E-mail: abrh@abrh.org.br

ABRH NA REDE
Facebook     Linkedin     Twitter