Associação Brasileira de Recursos Hídricos
 
Facebook
Linkedin
Twitter
SISTEMA DE REVISÃO: SUBMETA SEU ARTIGO
   
Login / Cadastre-se
 
REGA - Revista de Gestão de Água da América Latina - ISSN 2359-1919
VOLUME. 15 - JAN/DEZ - 2018
ARTIGO
ANÁLISE DA CONECTIVIDADE DOS FRAGMENTOS NA BACIA HIDROGRÁFICA DO TIETÊ-JACARÉ
Resumo:
A análise da fragmentação da paisagem é feita principalmente por meio de mapeamentos do uso e cobertura da terra, onde é possível identificar diferentes manchas e o grau de fragmentação ou conectividade. Este trabalho tem o objetivo de analisar as conectividades estruturais da paisagem presentes no território da Bacia Hidrográfica do Tietê-Jacaré, por meio da aplicação dos Índices de conectividade estrutural da paisagem, com o intuito de avaliar o processo dinâmico e temporal dos fragmentos de vegetação natural de 2007 e 2017. As informações foram analisadas por meio de Sistemas de Informação Geográfica (SIG) e índices métricos de conectividade e de fragmentação. Considerando o intervalo de 10 anos observou-se uma expansão das atividades agrícolas com um incremento de 24.507,53ha de áreas de cultivo e perda de áreas de vegetação nativa de 32.149ha. Evidenciou-se também a diminuição do número de fragmentos, assim como o aumento do tamanho médio dos mesmos, derivados do crescimento das matrizes agrícolas com consequente diminuição da diversificação de fragmentos das classes de uso e cobertura da terra. Os índices de fragmentação, ao expressarem o estado de configuração das paisagens, apresentaram-se como ferramentas importantes no diagnóstico voltado a conservação dos ecossistemas. Tais índices permitiram a comparação não apenas dos fragmentos naturais, mas de todas as classes de uso e cobertura da terra, o que é essencial no planejamento regional. 
Palavras-chave: Análise da paisagem; Redes ambientais; Índices métricos de conectividade e de fragmentação; Bacia hidrográfica. 

 

 

Connectivity analysis of fragments in the Tietê-Jacaré hydrographic basin
Abstract:
The analysis of landscape fragmentation is done mainly through land use mapping, where it is possible to identify different spots and the degree of fragmentation or connectivity. This work has the objective of analyzing the structural connectivity of the landscape present in the Tietê-Jacaré Hydrographic Basin, through the application of the structural connectivity indices of the landscape, with the purpose of evaluating the dynamic and temporal process of natural vegetation fragments of 2007 and 2017. The information was analyzed through Geographic Information Systems (GIS) and metric indexes of connectivity and fragmentation. Considering the interval of 10 years there was an expansion of agricultural activities with an increase of 24,507.53ha of cultivated areas and loss of native vegetation areas of 32,149ha. It was also evidenced the decrease in the number of fragments, as well as the increase in the average size of the fragments, derived from the growth of the agricultural matrices with consequent reduction of the diversification of the fragments of the classes of use and land cover. Fragmentation indexes, when expressing the state of configuration of the landscapes, were presented as important tools in the diagnosis aimed at the conservation of ecosystems. These indices allowed the comparison not only of natural fragments, but of all classes of land use and land cover, which is essential in regional planning. 
Keywords: Landscape analysis; Ecological Network; Metric indices connectivity and fragmentation; Hydrographic basin 

 

 

26 visualizações   23 downloads     Contabilizado a partir de 10/08/2014

 

 

 
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA
DE RECURSOS HÍDRICOS

Onde Estamos
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Caixa Postal 15029 - CEP 91501-970 - Porto Alegre - RS - Brasil

Nossos Contatos
Fone: (51) 3493 2233 / 3308 6652 - Fax: (51) 3493 2233 - E-mail: abrh@abrhidro.org.br

ABRH NA REDE
Facebook     Linkedin     Twitter