Associação Brasileira de Recursos Hídricos
 
Facebook
Linkedin
Twitter
SISTEMA DE REVISÃO: SUBMETA SEU ARTIGO
   
Login / Cadastre-se
 
Clique para ampliar...

RBRH
Revista Brasileira de Recursos Hídricos
Brazilian Journal of Water Resources

ISSN 2318-0331

VOLUME. 11 - Nº. 3 - JUN/SET - 2006
ARTIGO
A Utilização de Perfiladores Acústicos de Corrente por Efeito Doppler na Determinação do Material Particulado em Suspensão na Água: Aplicações
Resumo:
Por meio de três experimentos realizados no estuário do Rio Itajaí-açú foi possível avaliar o desempenho de dois modelos de Perfiladores Acústicos de Corrente por efeito Doppler (PACD) na determinação da concentração de Material Particulado em Suspensão (MPS) na água. O primeiro experimento consistiu no fundeio de um PACD por dois meses ao largo do estuário do Rio Itajaí-açú, próximo a isóbata de 10 metros. A partir dos dados coletados foi possível verificar os padrões de correntes e transporte do MPS nesta região. O segundo experimento consistiu no monitoramento da pluma sedimentar ocasionada por uma draga de extração de areia. Utilizando um PACD com o dispositivo ?Bottom Tracking?, que o permite funcionar montado a uma embarcação, foi realizado um perfil em direção a uma draga de extração de areia em operação. A partir das informações acústicas coletadas pelo PACD foi possível verificar a pluma sedimentar causada pela draga e a concentração de MPS na mesma. Neste experimento uma limitação deste método ficou evidente. Sob a condição de alta concentração de MPS o PACD não conseguiu obter informação do fundo. No ultimo experimento buscou-se verificar a distribuição do MPS ao longo do estuário do Rio Itajaí-açú sob condição de alta descarga de sólidos em suspensão. Para tal foi realizado um perfil vertical-longitudinal com um PACD e simultaneamente com um turbidímetro de Retro Espalhamento Ótico (REO) para se comparar as medições. Este experimento mostrou uma outra limitação deste método para estimar a concentração de MPS na água, a limitação quanto ao tamanho das partículas em suspensão e a freqüência do PACD utilizado. O PACD 1,5 MHz utilizado neste experimento não foi capaz de visualizar as partículas finas presentes no estuário. 
Palavras-chave: Estuário, Sedimentos, Perfilador Acústico de Correntes por efeito Doppler. 

 

 

56 visualizações   17 downloads     Contabilizado a partir de 10/08/2014

 

 

 
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA
DE RECURSOS HÍDRICOS

Onde Estamos
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Caixa Postal 15029 - CEP 91501-970 - Porto Alegre - RS - Brasil

Nossos Contatos
Fone: (51) 3493 2233 / 3308 6652 - Fax: (51) 3493 2233 - E-mail: abrh@abrh.org.br

ABRH NA REDE
Facebook     Linkedin     Twitter