Associação Brasileira de Recursos Hídricos
 
Facebook
Linkedin
Twitter
SISTEMA DE REVISÃO: SUBMETA SEU ARTIGO
   
Login / Cadastre-se
 

RBRH
Revista Brasileira de Recursos Hídricos
Brazilian Journal of Water Resources

ISSN 2318-0331

A partir de 2017, a RBRH publica os artigos de forma continua. Os artigos estão disponíveis para consulta em:
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_issuetoc&pid=2318-033120170001&lng=en&nrm=iso
ARTICLE
Water quality of the São Gonçalo channel, urban and agricultural water supply in southern Brazil
Abstract:
São Gonçalo channel connects Patos and Mirim lagoons, in South Brazil. This ecosystem is 70 Km long, and is a major regional source of urban and agricultural water supply, mainly for the municipality of Rio Grande, with ca. 250 thousand citizens. This study aims to diagnose their water quality by measuring benthic invertebrates (Shannon-Wiener diversity index, richness and abundance), use of a BMWP biotic index, physical and chemical evaluation, and applying a trophic state index. The BMWP index showed predominance of taxa indicating altered conditions and polluted waters (Sarcodina and Hydracarina). The abiotic variables indicated eutrophicated waters, chlorophyll values characteristic of eutrophic environments (>2.9 µg. L-1), low N:P rates in sediment and water, with nitrogen limitation during most periods studied. The results of trophic state indexes indicated mesotrophic and eutrophic conditions, reaching hipereutrophic periods. The highest TSI were in Piratini river, in April 2009 and February 2011, coinciding with rice crop leaching. These results regarding nutrient concentration, nitrogen and phosphorus stoichiometry and biotic index support the need to evaluate the occupation of the surroundings of this water supply. 
Keywords: TSI; BMWP; eutrophication; urban and agricultural water supply 

 

 

Qualidade de água do canal São Gonçalo, manancial urbano e agrícola no sul do Brasil
Resumo:
O canal São Gonçalo liga as lagoas dos Patos e Mirim, no sul do Brasil, possuindo um comprimento de cerca de 70 Km. É importante manancial agrícola para a cultura do arroz irrigado, e urbano, para o município de Rio Grande, com cerca de 250 mil habitantes. Este trabalho visou obter um diagnóstico da qualidade das águas deste manancial, utilizando métricas da comunidade de invertebrados bentônicos (índice de Shannon-Wiener, abundância e riqueza de táxons), e o índice biótico BMWP, avaliação de características físicas e químicas, e aplicação do índice de estado trófico. O índice BMWP geral para o período indicou águas contaminadas ou poluídas, com maiores valores de riqueza e densidade de grupos indicadores de condições alteradas (Sarcodina e Hydracarina). As variáveis analisadas indicam águas eutrofizadas, com valores de clorofila-a característicos de ambientes eutróficos (> 2,9 µg. L-1), baixas taxas N:P tanto na água como no sedimento, indicando limitação por nitrogênio na maioria dos períodos. Estes valores são corroborados pelos escores de índices de estado trófico, que em sua maioria indicaram condições de mesotrofia e eutrofia, atingindo períodos de hipertrofia. Os valores de IET mais elevados ocorreram a jusante do rio Piratini, nas coletas de abril/2009 e fevereiro/2011, atingindo valores de super e hipereutrófico, respectivamente, em períodos coincidentes com drenagem das culturas de arroz irrigado no entorno. Os resultados encontrados relativos às concentrações de nutrientes, estequiometria de nitrogênio e fósforo e índice biótico reforçam a necessidade de avaliações de usos do entorno deste manancial.

 
Palavras-chave: IET; BMWP; eutrofização; abastecimento urbano e agrícola 

 

 

155 visualizações   0 downloads     Contabilizado a partir de 10/08/2014

 

Página: 1  2  

 

 
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA
DE RECURSOS HÍDRICOS

Onde Estamos
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Caixa Postal 15029 - CEP 91501-970 - Porto Alegre - RS - Brasil

Nossos Contatos
Fone: (51) 3493 2233 / 3308 6652 - Fax: (51) 3493 2233 - E-mail: abrh@abrh.org.br

ABRH NA REDE
Facebook     Linkedin     Twitter