Associação Brasileira de Recursos Hídricos
 
Facebook
Linkedin
Twitter
SISTEMA DE REVISÃO: SUBMETA SEU ARTIGO
   
Login / Cadastre-se
 
Clique para ampliar...

RBRH
Revista Brasileira de Recursos Hídricos
Brazilian Journal of Water Resources

ISSN 2318-0331

VOLUME. 12 - Nº. 4 - OUT/DEZ - 2007
ARTIGO
Avaliação da Produção de Sedimentos em Eventos Chuvosos em uma Pequena Bacia Hidrográfica Semi-Urbana de Encosta
Resumo:
O presente trabalho teve por objetivo avaliar a produção de sedimentos em uma pequena bacia hidrográfica de en-costa, em fase de urbanização, com 0,53 km² de área, a partir de medições de descarga sólida durante eventos chuvosos e compará-la com os resultados obtidos pela Equação Universal de Perda de Solo Modificada (MUSLE) apresentada por Willi-ams (1975). Foram levantadas as características físicas da bacia hidrográfica e feito o monitoramento da precipitação, va-zão e sedimentos. Foram avaliados 10 eventos medidos no período de 19 de abril de 2001 a 03 de dezembro de 2001. Os resultados mostram que a MUSLE, como método de previsão do aporte de sedimentos, se mostrou inadequada na bacia hi-drográfica estudada, superestimando, os valores medidos, mesmo utilizando-se dados de volume de escoamento e vazão de pico obtidas por medições de campo. Os parâmetros da MUSLE foram ajustados para a área em estudo, obtendo-se resultados semelhantes aos obtidos por Branco (1998), para uma bacia rural situada na mesma região. Os dados observados permiti-ram um bom ajuste da curva-chave de sedimentos e apresentam uma boa concordância com resultados da MUSLE com parâmetros ajustados.  
Palavras-chave: Monitoramento hidrossedimentométrico; MUSLE; Pequenas bacias hidrográficas. 

 

 

Evaluation of Sediment Production in Rainfall Events in a Small Semi-Urban Hydrographic Basin on a Slope
Abstract:
The purpose of the present work is evaluate sedi-ment production from solid discharge measurements in a small 0.53 km2 slope area that is undergoing urbanization, during rainfall events and compare it with results obtained by the Modified Universal Soil Loss Equation (MUSLE), Williams (1975). The physical features of the hydrographic basin were determined, monitoring precipitation, stream-flow and sediments. Ten events measured during the period from April 19th of 2001 to December 3rd of 2001 were evaluated. MUSLE, as a sediment quantity forecasting method, was inadequate in the hydrographic basin studied, overestimating the measured value, even when using data on drainage volume and peak flow obtained in field meas-urements. The MUSLE parameters were adjusted to thestudy area, and results similar to those obtained by Branco (1998) were obtained for a rural basin located in the same region. The data observed allowed a good fit of sediment-rating curve and showed agreement with results of MUSLE with adjusted parameters.  
Keywords: production, transport and deposition of sedi-ments; hydrographical basin. 

 

 

88 visualizações   48 downloads     Contabilizado a partir de 10/08/2014

 

 

 
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA
DE RECURSOS HÍDRICOS

Onde Estamos
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Caixa Postal 15029 - CEP 91501-970 - Porto Alegre - RS - Brasil

Nossos Contatos
Fone: (51) 3493 2233 / 3308 6652 - Fax: (51) 3493 2233 - E-mail: abrh@abrhidro.org.br

ABRH NA REDE
Facebook     Linkedin     Twitter