Associação Brasileira de Recursos Hídricos
 
Facebook
Linkedin
Twitter
SISTEMA DE REVISÃO: SUBMETA SEU ARTIGO
   
Login / Cadastre-se
 

RBRH
Revista Brasileira de Recursos Hídricos
Brazilian Journal of Water Resources

ISSN 2318-0331

VOLUME. 13 - Nº. 4 - OUT/DEZ - 2008
ARTIGO
Mercado de Água e o Estado: Lições da Teoria dos Jogos
Resumo:
Este artigo analisa a relação entre a alocação de água através de mecanismo de mercado de água mostrando a relação que existe entre preço de água no mercado e efetividade do sistema coercitivo estatal (identificação e punição do infrator). É demandada do Estado a garantia do usufruto dos direitos de água negociados, mesmo que isto imponha a ele os custos derivados desta ação. Entretanto mostra-se que o Estado não se desonera completamente das atividades de gerenciamento na alocação via mercado. A Ação do Estado está associada à redução dos riscos institucionais dos usuários. Para analisar esta relação entre Estado e Mercado foi desenvolvido um modelo matemático. O modelo matemático proposto é baseado: i) na teoria do crime racional no contexto da escola ?Law & Economics? para a modelagem do ?roubo da água?; ii) no mercado inteligente consistindo em um centro de trocas modelado por programação linear; iii) e na teoria dos jogos para modelar a interação dos diferentes usuários em um hidrossistema. Os resultados do modelo mostram que, na configuração do hidrossistema analisado (Bacia do Rio Jaguaribe no Estado do Ceará), o mercado somente será eficiente se houver elevada eficiência da fiscalização para desencorajar o usuário infrator. 
Palavras-chave: alocação de água, mercado de água, regulação dos recursos hídricos, fiscalização, free-ride. 

 

 

68 visualizações   36 downloads     Contabilizado a partir de 10/08/2014

 

 

 
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA
DE RECURSOS HÍDRICOS

Onde Estamos
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Caixa Postal 15029 - CEP 91501-970 - Porto Alegre - RS - Brasil

Nossos Contatos
Fone: (51) 3493 2233 / 3308 6652 - Fax: (51) 3493 2233 - E-mail: abrh@abrh.org.br

ABRH NA REDE
Facebook     Linkedin     Twitter