Associação Brasileira de Recursos Hídricos
 
Facebook
Linkedin
Twitter
SISTEMA DE REVISÃO: SUBMETA SEU ARTIGO
   
Login / Cadastre-se
 
Clique para ampliar...
REGA - Revista de Gestão de Água da América Latina - ISSN 2359-1919
VOLUME. 12 - Nº. 1 - JAN/JUN - 2015
ARTIGO
Vazões de referência para gestão de bacias hidrográficas rurais e urbanas sem monitoramento.
Resumo:
Nas diversas etapas da estimativa de vazões de referência em bacias hidrográfcas são geradas incertezas, as quais podem produzir efeitos sobre a gestão de recursos hídricos. Neste contexto, este trabalho avaliouasincertezas nas estimativas das vazões de referência para as bacias situadas no entorno da baía da Ilha de Santa Catarina, a partir de medições pontuais de vazão e do estudo de regionalização de vazões. Medições de vazões foram realizadas em 26 bacias, cujas áreas de drenagem variam entre 0,91 e 532 km2. A medição de vazão realizada no mês de janeiro de 2013 representa frequência de 95,36% na curva de permanência mensal e 93,57% na curva de permanência anual. Desvios entre as vazões estimadas pela equação de regionalização e àquelas medidas nas bacias foram elevados, apresentando o valor máximo de 397%. Vazões associadas a infltração de águas residuárias e de abastecimento em bacias urbanizadasconstituem-se importante elemento na incerteza da estimativa de vazões. A minimização das incertezas pode ser obtida com o desenvolvimento de monitoramento -uviométrico adequado para pequenas bacias hidrográfcas. 
Palavras-chave: gestão de recursos hídricos, incerteza, infiltração, regionalização de vazão. 

 

 

Reference stream-ow values for the management of unmonitored rural and urban watersheds
Abstract:
Uncertainty is generated at all stages of the stream-ow reference value estimation and it may a-ect water resources management. Tis paper evaluates the uncertainties in the streamflow estimation for watersheds surrounding the Santa Catarina Island Bay. Tis was done based on punctual measurements and the existing streamflow regionalization study. Streamflow measurements were performed in 26 watersheds with a drainage area varying from 0.91 to 532 km2. The streamflow measurement performed in January 2013 corresponds to a frequency of 95.36% in the monthly duration curve and 93.57% in the annual duration curve. Major deviations were identifed comparing the estimated stream-ow values from the regionalization curve to those measured in the watersheds, with maximum values of 397%. Te infltration from wastewater discharges and the water supply loss to the drainage network are important elements in-uencing the uncertainties in -ow estimation. To minimize uncertainty, small watersheds should be continuously monitored in association with adequate methodologies for those drainage areas. 
Keywords: water resources management, infltration, uncertainty, stream?ow regionalization. 

 

 

394 visualizações   155 downloads     Contabilizado a partir de 10/08/2014

 

 

 
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA
DE RECURSOS HÍDRICOS

Onde Estamos
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Caixa Postal 15029 - CEP 91501-970 - Porto Alegre - RS - Brasil

Nossos Contatos
Fone: (51) 3493 2233 / 3308 6652 - Fax: (51) 3493 2233 - E-mail: abrh@abrh.org.br

ABRH NA REDE
Facebook     Linkedin     Twitter