ABRH
 
Facebook
Linkedin
Twitter
SISTEMA DE REVISÃO: SUBMETA SEU ARTIGO
   
Login / Cadastre-se
 
Clique para ampliar...
REGA - Revista de Gestão de Água da América Latina - ISSN 2359-1919
VOLUME. 13 - Nº. 2 - JUL/DEZ - 2016
ARTIGO
Efeitos da urbanização no sistema fluvial: contaminação do sedimento do leito e da água na bacia do rio Pitimbu, Natal, nordeste do Brasil
Resumo:
O objetivo deste estudo foi analisar o efeito do uso do solo na contaminação do sedimento do leito e da água na bacia do rio Pitimbu. Trata-se de uma bacia em processo de urbanização, responsável por parte do abastecimento da cidade de Natal. Para isso, foram determinadas as concentrações de Chumbo, Ferro, Alumínio, Níquel, Zinco, Manganês, Cádmio e Cobre em amostras da água e do sedimento coletadas durante a recessão do hidrograma (Novembro/2011), em oito seções ao longo da calha fluvial. As amostras foram posteriormente analisadas por espectrometria de absorção atômica por chama (FLAA). Os resultados obtidos demonstram que as concentrações máximas observadas no sedimento para Chumbo (1.100 mg/kg) e Ferro (38.750 mg/kg) foram causadas pelo tráfego de veículos automotores. Para a água, os dados revelam aumento das concentrações de Alumínio e Ferro a medida que o rio atravessa a região urbana, com valores máximos alcançando 0,55 mg/L e 0,6 mg/L respectivamente. Esses valores contrariam as diretrizes ambientais estabelecidas na Resolução CONAMA 357/2005 para corpos hídricos destinados prioritariamente ao abastecimento humano.
 
Palavras-chave: Qualidade ambiental; Uso do solo; Urbanização; Rio Pitimbu  

 

 

Effects of urbanization on fluvial system: bed sediment and water contamination within Pitimbu river watershed, Natal, Brazilian northeast
Abstract:
The aim of this study was to investigate the effect of land use on bed sediment and water contamination in the Pitimbu River watershed. It is a watershed in the process of urbanization, responsible for part of the city of Natal water supply. For this purpose, Lead, Iron, Aluminium, Nickel, Zinc, Manganese, Cadmium and Copper water and bed sediment metal concentrations were determined for eight transverse sections along the river length. Samples were collected during the river recession period (November/2011), and analysed by flame atomic absorption spectrometry (FLAA). Obtained results demonstrate that maximum sediment metal concentrations for Lead (1,100 mg/kg) and Iron (38,750 mg/kg) were caused by the traffic of motor vehicles. For water, obtained data reveal increasing Aluminium and Iron metal concentrations as the river drains the urban area, with maximum values attaining 0.55 mg/L and 0.6 mg/L respectively. These values contradict the environmental guidelines established by CONAMA 357/2005 Brazilian Statement for water bodies primarily used for human supply.
 
Keywords: Environmental quality; Land use; Urbanization; Pitimbu River  

 

 

62 visualizações   39 downloads     Contabilizado a partir de 10/08/2014

 

 

 
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA
DE RECURSOS HÍDRICOS

Onde Estamos
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Caixa Postal 15029 - CEP 91501-970 - Porto Alegre - RS - Brasil

Nossos Contatos
Fone: (51) 3493 2233 / 3308 6652 - Fax: (51) 3493 2233 - E-mail: abrh@abrh.org.br

ABRH NA REDE
Facebook     Linkedin     Twitter