Associação Brasileira de Recursos Hídricos
 
Facebook
Linkedin
Twitter
SISTEMA DE REVISÃO: SUBMETA SEU ARTIGO
   
Login / Cadastre-se
 
Clique para ampliar...

RBRH
Revista Brasileira de Recursos Hídricos
Brazilian Journal of Water Resources

ISSN 2318-0331

VOLUME. 18 - Nº. 1 - JAN/MAR - 2013
ARTIGO
Avaliação da Evolução do Comportamento Quantitativo de Pavimentos Permeáveis no Controle do Escoamento Superficial
Resumo:
Os pavimentos permeáveis com uma estrutura de camada reservatório são dispositivos de controle na fonte que
atuam no controle da produção do escoamento superficial, permitindo que a água proveniente da chuva passe através deles, reduzindo desse modo o escoamento superficial. Estas estruturas são utilizadas para infiltração de água no solo e podem oferecer uma alternativa para disposição da água do escoamento superficial urbano sem ocupar áreas adicionais. O presente estudo avalia a evolução de comportamento no controle do escoamento superficial de uma instalação experimental composta de um estacionamento com pavimentos permeáveis construído no ano de 2003, com aproximadamente 264m² de área, divi-
dido em dois tipos de revestimento: asfalto poroso e blocos vazados com gramíneas. Nos anos de 2003 e 2004 foram realizados o dimensionamento da estrutura, o detalhamento dos dispositivos de monitoramento e um ano de monitoramento quantitativo dessa estrutura (primeira etapa de monitoramento). Uma segunda etapa de monitoramento foi efetuada em 2007, 2008 e 2009. Nunca foi realizado nenhum tipo de manutenção ou limpeza do revestimento superficial em nenhum dos tipos de revestimento, buscando caracterizar uma condição na realidade brasileira. Os resultados da comparação do comportamento deste dispositivo durante as duas etapas de monitoramento mostram evolução distinta dos aspectos quantitativos para os dois tipos de revestimento. Para os dezessete eventos estudados no segundo estágio do monitoramento, os resultados da análise quantitativa mostram que, somente o pavimento com revestimento de blocos vazados continua fazendo o controle adequado
do volume de escoamento superficial, embora com valores de escoamento um pouco superiores aos encontrados no passado, no
mesmo dispositivo experimental. Os valores de coeficiente de escoamento superficial encontrados nesta segunda etapa do monitoramento demonstram serem maiores que na primeira etapa, principalmente no revestimento de asfalto poroso.  
Palavras-chave: Escoamento superficial. Pavimentos permeáveis. Análise quantitativa.  

 

 

160 visualizações   84 downloads     Contabilizado a partir de 10/08/2014

 

 

 
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA
DE RECURSOS HÍDRICOS

Onde Estamos
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Caixa Postal 15029 - CEP 91501-970 - Porto Alegre - RS - Brasil

Nossos Contatos
Fone: (51) 3493 2233 / 3308 6652 - Fax: (51) 3493 2233 - E-mail: abrh@abrh.org.br

ABRH NA REDE
Facebook     Linkedin     Twitter