Associação Brasileira de Recursos Hídricos
 
Facebook
Linkedin
Twitter
SISTEMA DE REVISÃO: SUBMETA SEU ARTIGO
   
Login / Cadastre-se
 
Clique para ampliar...

RBRH
Revista Brasileira de Recursos Hídricos
Brazilian Journal of Water Resources

ISSN 2318-0331

VOLUME. 18 - Nº. 1 - JAN/MAR - 2013
ARTIGO
Resposta da Cultura de Melão a Diferentes Intensidades e Frequências de Irrigação em Porto Nacional ? TO
Resumo:
O método de irrigação que apresenta maior eficiência no uso da água é o do gotejo, porém ainda é possível reduzir o consumo de água, diminuindo as doses usualmente utilizadas, e dividindo-se a frequência de aplicação da água ao longo de um dia. Esta pesquisa teve por objetivo encontrar um regime de aplicação de água capaz de garantir a alta produtividade e a qualidade dos frutos do meloeiro irrigado com gotejadores, visando economia de água e, consequentemente, de energia no estado de Tocantins. O delineamento experimental constou de três repetições de parcelas medindo 14 m de largura por 62 m
de comprimento, onde foram cultivados melão com 8 linhas de plantio espaçadas de 2 m entre linhas e de 0,3 m entre frutos. Foram testadas as aplicações de três doses diárias: a primeira, calculada pelo método de Penman, a segunda de acordo com as práticas usuais da região, e a terceira de acordo com as práticas usuais da região menos 10%. As doses aplicadas foram testadas com duas alternativas: uma aplicação por dia (turno da manhã); duas aplicações diárias (turno da manhã e turno da tarde). Para análise estatística dos resultados, foi realizada a técnica da Análise de Variância (ANOVA), com nível de significância de 5%. O experimento demonstrou que a quantidade de água aplicada tradicionalmente pelos irrigantes da região é aproximadamente entre 75 % e 95% maior do que a calculada pelo método de Penman. Esta aplicação tradicional, em comparação com a dose determinada a partir do cálculo da evapotranspiração, não melhora os resultados obtidos nas lavouras quanto à produtividade, brix, comprimento, perímetro e peso dos frutos, além da espessura da polpa e do número de frutos descartados. O fracionamento da dose diária em duas aplicações, uma pela manhã e outra à tarde, por sua vez, melhora a produtividade e aumenta a espessura da polpa, duas características de interesse geral de produtores. 
Palavras-chave: Cucumis melo L. Irrigação por gotejamento. Manejo de irrigação. 

 

 

48 visualizações   23 downloads     Contabilizado a partir de 10/08/2014

 

 

 
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA
DE RECURSOS HÍDRICOS

Onde Estamos
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Caixa Postal 15029 - CEP 91501-970 - Porto Alegre - RS - Brasil

Nossos Contatos
Fone: (51) 3493 2233 / 3308 6652 - Fax: (51) 3493 2233 - E-mail: abrh@abrh.org.br

ABRH NA REDE
Facebook     Linkedin     Twitter