Associação Brasileira de Recursos Hídricos
 
Facebook
Linkedin
Twitter
SISTEMA DE REVISÃO: SUBMETA SEU ARTIGO
   
Login / Cadastre-se
 
Clique para ampliar...

RBRH
Revista Brasileira de Recursos Hídricos
Brazilian Journal of Water Resources

ISSN 2318-0331

VOLUME. 18 - Nº. 1 - JAN/MAR - 2013
ARTIGO
Proposta de um Método Alternativo para Determinação da Precipitação Média Sobre uma Área Utilizando Distâncias Invertidas
Resumo:
Este artigo apresenta uma nova técnica para determinação de precipitação média numa área, denominada como método das Distâncias Invertidas (DI). O objetivo foi encontrar um método que aliasse simplicidade de realização, como o método da Média Aritmética, porém que produzisse resultados mais precisos em aproximação com métodos mais complexos. O princípio do método é que as estações são tão mais representativas para uma área quanto mais próximas estejam desta. Desta forma, estabeleceu-se como referência de distância para as estações o centro da bacia, definido como o ponto médio do seu
comprimento longitudinal. Transformando a distância entre este centro e as estações em distâncias ponderadas, inverteu-se o fator de multiplicação. Ou seja, a precipitação da estação mais próxima foi multiplicada pela distância da estação mais distante e assim sucessivamente. Este método foi testado nas bacias do Donato (1 km²) e Turcato (19 km²), no município de Pejuçara, RS, devido à existência de uma rede de monitoramento de precipitações do Projeto Potiribu, desenvolvido na região pelo Instituto de Pesquisas Hidráulicas da UFRGS (Castro et al, 2000, e Goldenfum et al., 2008). Como referência, foram traçadas as isoietas nas duas bacias e calculadas as precipitações médias em cada uma delas através de interpolação por
krigagem. Para comparação do método das Distâncias Invertidas foram calculadas também as precipitações pelos métodos dos polígonos de Thiessen, da Média Aritmética, Inverso da Potência da Distância, Inverso do Quadrado da Distância e Inverso da Distância. Os resultados mostraram uma forte correlação entre todos os métodos e o método das isoietas, entretanto com diferenças entre os índices utilizados na análise de resíduos. Dentre os índices utilizados, que foram o desvio padrão da regressão, desvio padrão das diferenças e desvio padrão das diferenças absolutas, destacaram-se como similares ao método das Isoietas: o método do Inverso da Distância, para a bacia do Donato, e o método das Distâncias Invertidas, para a bacia
do Turcato. Dada a irregularidade da distribuição espacial das estações, a qual foi mais sensível para a bacia do Donato,
em função de seu tamanho menor, concluiu-se que o método testado apresentou resultados coerentes com os demais métodos para a bacia menor (Donato) e uma melhor aproximação com o método de referência para a bacia maior (Turcato). 
Palavras-chave: Métodos de precipitação média. Métodos de chuva média. 

 

 

Proposal Of An Alternative Method To Determine Mean Precipitation Over An Area Using Inverse Distances
Abstract:
This paper presents a new methodology of rainfall spatial interpolation: the Switched Distances Method. The objective is to present a technique as simple as the Arithme tic Mean and as efficient as the other complex methods. The main principle for the proposed technique is that the most representative gauging stations are those closer to the center of the study area. The center of a sub-basin (the reference
point) was defined as the mean point of its longitudinal length. Real distances were converted into relative distances by switching the multiplication factor (the precipitation on the nearest rain gauge was multiplied by the relative distance of the farthest rain gauge, and so forth). This methodology was applied to Turcato (19km²) and Donato
(1km²) sub-basins, both from "the hydrological monitoring network of the Potiribu Research Project (Castro et al, 2000, and Goldenfum et al., 2008), developed by the Instituto de Pesquisas Hidráulicas of the Universidade Federal do Rio Grande do Sul (IPH/ UFRGS). These sub-
basins are located in the town of Pejuçara, Rio Grande do Sul state, Brazil. The Isohyetal Method was adopted as reference to compare with the results from the Switched Distances Method. Other method
s were also included in the comparisons: Thiessen Polygons, Arithmetic Mean, Inverse Distance Power, Inverse Distance Squared and Inverse
Distance Weighting. Strong correlation with the results of the Isohyetal Method was observed for all methods, but also important dissimilar
ities were observed for the statistics adopted for residual analysis: standard deviation; standard deviation of linear regression; standard eviation of differences; and standard deviation of absolute differences.
For the Donato Basin, the Inverse Distance Weighting method was identified as the best match with the Isohyetal Method, while the Switched Distances Method gave the best results for the Turcato Basin. Considering the irregular spatial distribution of the gauging stations, and knowing that the Donato basin is more sensitive to this characteristic, due to its smaller size, it can be stated that the proposed method performed well for both basins, compared to other
methods, but especially for the biggest basin (Turcato). 
Keywords: hydrology, mean rainfall methods.  

 

 

109 visualizações   50 downloads     Contabilizado a partir de 10/08/2014

 

 

 
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA
DE RECURSOS HÍDRICOS

Onde Estamos
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Caixa Postal 15029 - CEP 91501-970 - Porto Alegre - RS - Brasil

Nossos Contatos
Fone: (51) 3493 2233 / 3308 6652 - Fax: (51) 3493 2233 - E-mail: abrh@abrh.org.br

ABRH NA REDE
Facebook     Linkedin     Twitter