Associação Brasileira de Recursos Hídricos
 
Facebook
Linkedin
Twitter
SISTEMA DE REVISÃO: SUBMETA SEU ARTIGO
   
Login / Cadastre-se
 
Clique para ampliar...

RBRH
Revista Brasileira de Recursos Hídricos
Brazilian Journal of Water Resources

ISSN 2318-0331

VOLUME. 17 - Nº. 4 - OUT/DEZ - 2012
ARTIGO
Caracterização Hidrodinâmica dos Solos da Bacia Experimental do Riacho Guaraíra Utilizando o Método Beerkan
Resumo:
O conhecimento das propriedades hidráulicas do solo, como as curvas de retenção da água no solo e da condutividade hidráulica, é indispensável na modelagem do transporte de água e de sedimentos. Dessa forma, apresenta-se, neste trabalho, uma metodologia utilizada na obtenção de propriedades hidrodinâmicas do solo, conhecida como Beerkan, com o objetivo de caracterizar espacialmente as principais características hidrodinâmicas do solo, i.e., condutividade hidráulica, porosidade, e retenção de água no solo, da Bacia Experimental do Riacho Guaraíra, localizada na zona litorânea do Nordeste do Brasil. Amostras deformadas de solo foram coletadas e testes de infiltração, em uma malha regular de 196 pontos na bacia com espaçamento de 200 m entre eles, foram realizados. O método foi aplicado em dois tipos de solos, i.e., Argissolos (PV3) e Espodossolos (HP), com diferentes classes texturais (areia, areia franca, e franco arenosa). Foram determinados, com vistas à caracterização hidrodinâmica, os parâmetros de forma da curva de retenção de água no solo ?(h) de Van Genuchten e da curva de condutividade hidráulica K(?) de Brooks e Corey, dependentes majoritariamente da textura do solo e obtidos a partir da curva de distribuição dos tamanhos das partículas, além dos parâmetros de normalização dependentes, essencialmente, da estrutura do solo e obtidos a partir dos ensaios de infiltração utilizando-se o infiltrômetro de anel simples. Os resultados obtidos mostraram que os valores de sorvidade (S) e condutividade hidráulica saturada do solo (K ) são ligeiramente maiores para os solos com menor teor de areia. Verifica-se também que os valores de S e Ks são maiores para os solos do tipo HP, mostrando que este solo é mais permeável que o PV3, para qualquer uma das classes texturais analisadas. Por fim, o método Beerkan mostrou-se ser um método promissor e de fácil aplicação para a determinação das características hidrodinâmicas dos solos.  
Palavras-chave: Método Beerkan. parâmetros hidrodinâmicos. infiltração.  

 

 

185 visualizações   82 downloads     Contabilizado a partir de 10/08/2014

 

 

 
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA
DE RECURSOS HÍDRICOS

Onde Estamos
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Caixa Postal 15029 - CEP 91501-970 - Porto Alegre - RS - Brasil

Nossos Contatos
Fone: (51) 3493 2233 / 3308 6652 - Fax: (51) 3493 2233 - E-mail: abrh@abrh.org.br

ABRH NA REDE
Facebook     Linkedin     Twitter