Associação Brasileira de Recursos Hídricos
 
Facebook
Linkedin
Twitter
SISTEMA DE REVISÃO: SUBMETA SEU ARTIGO
   
Login / Cadastre-se
 
Clique para ampliar...

RBRH
Revista Brasileira de Recursos Hídricos
Brazilian Journal of Water Resources

ISSN 2318-0331

VOLUME. 17 - Nº. 4 - OUT/DEZ - 2012
ARTIGO
Escoamentos Superficiais e de Drenagem em Solo com Diferentes Manejos e Intensidades de Chuvas Simuladas
Resumo:
Chuvas intensas são geradoras de escoamentos superficiais, os quais são constituintes principais de enchentes em
bacias hidrográficas. Os impactos dos escoamentos superficiais são negativos devido à erosão do solo, transporte de espécies
químicas prejudiciais ao ambiente aquático, redução do armazenamento de água em aqüíferos, entre outros. Este trabalho
tem por objetivo quantificar os escoamentos superficiais e a drenagem de água no solo, para diferentes intensidades da preci-
pitação e manejo agrícola do solo. O experimento foi desenvolvido em dois lisímetros, com 1 m2 de área superficial, dotado de

dispositivo para coleta do escoamento superficial e de drenagem a 1 m de profundidade. Um lisímetro é cultivado em sistema
de plantio direto e o outro em plantio convencional. A intensidade da precipitação foi obtida com simulação de chuva, tendo
variado entre 29,6 e 133,87 mm/h. Foram monitoradas as vazões superficiais e de drenagem e as umidades do solo. O lisí-
metro com plantio direto gerou menor escoamento superficial e maior escoamento de drenagem, tendo como conseqüência
maior infiltração e menor volume de água armazenada no perfil do solo. As alterações da superfície devido ao revolvimento
do solo no lisímetro com plantio convencional provocaram um retardo na resposta ao escoamento superficial.  
Palavras-chave: Escoamento superficial. Simulação de chuva. Lisímetro.  

 

 

Surface and Drainage Runoff in Soils With Different Managements and Intensities of Simulated Rainfall
Abstract:

Surface and Drainage Runoff in Soils With Different Managements and Intensities of Simulated Rainfall
ABSTRACT
Intense rainfalls generate runoffs which are major constituents of flooding in river basins. Runoff impacts are negative due, among other reasons, to soil erosion, transport of chemical species harmful to the aquatic environment and reduction of water storage in aquifers. This study aims to quantify the runoff and drainage of water in the soil, for different intensities of rainfall and agricultural management of soil. The experiment was conducted in two lysimeters, with 1 m2 of surface area, equipped with a device to collect runoff and drainage at 1 m depth. One lysimeter is cultivated in a no tillage system and the other in conventional tillage. The intensity of precipitation obtained with simulated rainfall ranged from 29.6 to 127.5 mm/h. We monitored the surface flow and drainage and soil moisture. The lysimeter with no tillage produced less runoff and greater flow drainage, resulting in higher infiltration and lower volume of water stored in the soil profile. The changes on the surface due to soil disturbance in the lysimeter with conventional tillage caused a delayed response to runoff.  
Keywords: runoff, rainfall simulation, lysimeter. 

 

 

87 visualizações   54 downloads     Contabilizado a partir de 10/08/2014

 

 

 
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA
DE RECURSOS HÍDRICOS

Onde Estamos
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Caixa Postal 15029 - CEP 91501-970 - Porto Alegre - RS - Brasil

Nossos Contatos
Fone: (51) 3493 2233 / 3308 6652 - Fax: (51) 3493 2233 - E-mail: abrh@abrh.org.br

ABRH NA REDE
Facebook     Linkedin     Twitter