Associação Brasileira de Recursos Hídricos
 
Facebook
Linkedin
Twitter
SISTEMA DE REVISÃO: SUBMETA SEU ARTIGO
   
Login / Cadastre-se
 
Clique para ampliar...

RBRH
Revista Brasileira de Recursos Hídricos
Brazilian Journal of Water Resources

ISSN 2318-0331

VOLUME. 21 - Nº. 4 - OUT/DEZ - 2016
ARTICLE
Vertical hydraulic gradient research in hyporheic zone of Beberibe river in Pernambuco State (Brazil)
Abstract:
The interaction between groundwater and surface water occurs naturally and is dependent on the dynamics in the hyporheic zone. The hyporheic zone is the interface between the surface water source and the phreatic aquifer and it-s a system that also influences the water quality. An important feature is the ability to flux in this zone. This work aimed to evaluate the vertical hydraulic gradient in the hyporheic zone at two points in Beberibe river, Olinda-PE, to understand the hyporheic environment characteristics and water flow dynamics in experimental area, in addition to identify the existence of hydraulic connection between surface water and groundwater. The experimental phase consisted of infiltration tests in riverbed with cylinder infiltrometer and vertical hydraulic gradients readings with differential piezometer, complemented with grain size information, for an assessment of the water budget between the river and the aquifer. Analyzing the behavior of the interaction over the period of 10 months, it was observed that the Beberibe river (middle course) contributes to the groundwater recharge in most of the time. The average infiltration rate was 1.02 mm/min in point 1 and 0.85 mm/min in point 2. It was concluded that there is a variability in flow direction, which often is top-down, but may undergo change in the stream showing upstream after long periods of rainfall. Another conclusion is that grain size distribution of bed sediment, that is predominantly sandy, influences hydraulic conductivity of hyporheic zone and influences consequently the vertical flow rates.

 
Keywords: River-aquifer interaction; Infiltration; Cylinder infiltrometer; Differential piezometer; Hyporheic zone 

 

 

Investigação do fluxo vertical da água na zona hiporreica num trecho do Rio Beberibe - PE
Resumo:
A interação entre águas subterrânea e superficial ocorre naturalmente e depende da dinâmica na zona hiporreica. A zona hiporreica é a interface entre o corpo hídrico superficial e o meio subterrâneo, sendo um sistema que também influencia a qualidade da água. Uma importante característica é a capacidade de fluxo nesta zona. O trabalho objetivou avaliar o fluxo vertical de água na zona hiporreica em dois pontos do rio Beberibe, Olinda - PE, para compreender as características do ambiente hiporreico e a dinâmica do fluxo de água nesta zona, além de identificar a existência de conexão hidráulica entre a água superficial e subterrânea. A fase experimental consistiu em ensaios de infiltração no leito com infiltrômetro de cilindro e leituras da diferença da carga hidráulica com piezômetro diferencial, complementadas com informações granulométricas, para uma avaliação da capacidade de transporte de volumes hídricos entre o rio e o aquífero. Analisando-se o comportamento da interação ao longo do período de 10 meses, verificou-se que o rio Beberibe no seu curso médio contribui para a recarga do lençol freático em boa parte do tempo, sendo a média da taxa de infiltração de 1,02 mm/min no ponto 1 e de 0,85 mm/min no ponto 2. Concluiu-se que há uma variabilidade no sentido do fluxo, que geralmente é de cima para baixo, mas pode sofrer alteração no fluxo apresentando ascendência após longos períodos de chuva. Concluiu-se, ainda, que a distribuição granulométrica dos sedimentos do leito, que são predominantemente arenosos, influencia a condutividade hidráulica da zona hiporreica e consequentemente as taxas de escoamento vertical.

 
Palavras-chave: Interação rio-aquífero; Infiltração; Infiltrômetro de cilindro; Piezômetro diferencial; Zona hiporreica 

 

 

206 visualizações   128 downloads     Contabilizado a partir de 10/08/2014

 

 

 
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA
DE RECURSOS HÍDRICOS

Onde Estamos
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Caixa Postal 15029 - CEP 91501-970 - Porto Alegre - RS - Brasil

Nossos Contatos
Fone: (51) 3493 2233 / 3308 6652 - Fax: (51) 3493 2233 - E-mail: abrh@abrh.org.br

ABRH NA REDE
Facebook     Linkedin     Twitter