Associação Brasileira de Recursos Hídricos
 
Facebook
Linkedin
Twitter
SISTEMA DE REVISÃO: SUBMETA SEU ARTIGO
   
Login / Cadastre-se
 
Clique para ampliar...

RBRH
Revista Brasileira de Recursos Hídricos
Brazilian Journal of Water Resources

ISSN 2318-0331

VOLUME. 21 - Nº. 3 - JUL/SET - 2016
ARTIGO
Utilização da mineralogia dos sedimentos fluviais como indicador de poluição da atividade de mineração de argila
Resumo:
Frente à difculdade de eleger padrões para o controle da poluição hídrica em atividade de mineração de argila, este trabalho tem como objetivo verifcar a possibilidade de uso da mineralogia dos sedimentos -uviais como indicador de poluição da atividade de mineração de argila. O estudo foi desenvolvido na bacia do Córrego Assistência, situada no maior pólo cerâmico das Américas. Ao todo foram realizadas 67 campanhas de campo no ano de 2014 para coleta de água superfcial do Córrego Assistência. Este córrego apresentou uma vazão média anual de 0,8 m3.s-1, com descargas anuais sólidas de 3.680 t.ano-1 e, dissolvidas de 4.234 t.ano-1. A análise mineralógica dos sedimentos -uviais indicou a presença de quartzo, montmorillonita, illita e caulinita na fração <53 µm. A caulinita é proveniente da erosão superfcial do solo. Contudo, a illita, argilomineral predominante nas rochas exploradas pela mineração, é praticamente ausente no horizonte superfcial do solo da bacia do Córrego Assistência. Assim, sua presença entre os sólidos em suspensão transportados pelo Córrego Assistência está associada pela deposição atmosférica da poeira produzida durante as atividades de mineração de argila presentes nesta bacia hidrográfca. 
Palavras-chave: Recursos hídricos; Argilominerais; Hidrossedimentologia; Controle da poluição. 

 

 

Using the mineralogy of river sediments as pollution indicator of clay mining activity
Abstract:
View of the diffculty to elect standards for water pollution control in clay mining activity, this study aimed to verify the possibility of using the mineralogy of river sediments as a pollution indicator of clay mining activity. The study was carried out in the Assistência Stream basin, located in the largest ceramic pole of the Americas. Surface water samples of Assistência Stream were collected in 67 feld campaigns in 2014. This stream showed an average annual discharge of 0.8 m3.s-1 with an annual -ux of suspended solids of 3,680 t. year-1 and an annual -ux of dissolved solids of 4,234 t.year-1. The mineralogical analysis of -uvial sediments indicated the presence of quartz, montmorillonite, illite and kaolinite in the fraction <53 micrometers. The kaolinite is from the surface soil erosion. However, the illite, predominant clay mineral in the rocks explored by mining, is practically absent in the surface horizon of the Assistência Stream basin. Thus, its presence in the suspended solids transported by Assistência Stream is associated with atmospheric deposition of dust produced during clay mining activities present in this watershed. 
Keywords: Water resources; Clay minerals; Hydro-sedimentology; Pollution control. 

 

 

180 visualizações   131 downloads     Contabilizado a partir de 10/08/2014

 

 

 
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA
DE RECURSOS HÍDRICOS

Onde Estamos
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Caixa Postal 15029 - CEP 91501-970 - Porto Alegre - RS - Brasil

Nossos Contatos
Fone: (51) 3493 2233 / 3308 6652 - Fax: (51) 3493 2233 - E-mail: abrh@abrh.org.br

ABRH NA REDE
Facebook     Linkedin     Twitter