Associação Brasileira de Recursos Hídricos
 
Facebook
Linkedin
Twitter
SISTEMA DE REVISÃO: SUBMETA SEU ARTIGO
   
Login / Cadastre-se
 
Clique para ampliar...

RBRH
Revista Brasileira de Recursos Hídricos
Brazilian Journal of Water Resources

ISSN 2318-0331

VOLUME. 21 - Nº. 2 - ABR/JUN - 2016
ARTIGO
Rendimentos operacionais de barco removedor e escavadeira de braço longo no controle de infestações de plantas aquáticas no reservatório Piraquara II, Paraná, Brasil
Resumo:
A eutrofização de corpos d-água tem causado desiquilíbrios ambientais, alterando dinâmicas populacionais, como o crescimento excessivo de macrófitas aquáticas. Havendo necessidade de controle dessas comunidades, os métodos mecânicos são os mais empregados. O presente trabalho teve o objetivo de avaliar o rendimento operacional conjunto e individual, de um barco removedor e de uma escavadeira hidráulica de braço longo, na retirada de plantas aquáticas flutuantes (e seus conteúdos de Nt e Pt) do Reservatório Piraquara II (Piraquara - PR). Os tempos gastos em 100 ciclos operacionais, no trabalho conjunto dos equipamentos (carregamento, transporte e descarregamento de caminhões), entre outras atividades complementares, foram medidos por cronometragem. A escavadeira hidráulica de braço longo apresentou rendimentos satisfatórios na retirada de macrófitas aquáticas do corpo hídrico, quando comparados com outros trabalhos reportados na literatura. No entanto, o apoio do referido barco aumentou consideravelmente o rendimento (ordem de 115%). O rendimento médio foi de 35,57 ± 0,27 m3/h ou 284,67 m3/dia. Aplicando-se relações de área, massa e volume para o caso avaliado, isto equivale a 3273,7 m2/dia (considerando 11,5 m2/m3) ou a 142,28 t úmidas/dia (considerando a densidade úmida do material = 0,5 ± 0,08; n = 30). Foi constatado que, para situações similares, ambos os equipamentos são recomendados para o controle de infestações de plantas aquáticas em corpos hídricos. 
Palavras-chave: Manejo. Controle. Macrófitas aquáticas. Plantas daninhas. 

 

 

Operating yields of an aquatic weed harvester and a long-arm hydraulic excavator in aquatic macrophyte control in piraquara ii reservoir, southern brazil
Abstract:
Eutrophication of water bodies has caused environmental imbalance, changing population dynamics, as the excessive growth of aquatic macrophytes. The mechanical methods are the most used to control these communities. The aim of this study was to evaluate the operational yield of a harvesting boat and a long-arm hydraulic excavator (in group and individually) in the removal of floating aquatic weeds (and their Nt and Pt contents) in Piraquara II Reservoir, in Southern Brazil. The duration of each of the 100 operational cycles (including loading, transport and unloading of trucks), besides other activities were measured through timing. The hydraulic excavator presented right yields in the removal of weeds from the water body as compared to other studies reported in the literature. However, the adding of the harvesting boat led to an increase of productivity (about 115%). The average yield was 35.57 ± 0.27 m3/h or 284.67 m3/day. Applying area, mass and volume relations for the studied site, this is equivalent to 3273.7 m2/day (considering 11.5 m2/m3) or 142.28 humid tons/day (humid density of 0.5 ± 0.08; n = 30). Therefore, for similar situations, both equipment (mainly in a joint operation) are recommended to aquatic weed infestation control. 
Keywords: Management. Control. Aquatic Macrophytes. Weeds. 

 

 

304 visualizações   151 downloads     Contabilizado a partir de 10/08/2014

 

 

 
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA
DE RECURSOS HÍDRICOS

Onde Estamos
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Caixa Postal 15029 - CEP 91501-970 - Porto Alegre - RS - Brasil

Nossos Contatos
Fone: (51) 3493 2233 / 3308 6652 - Fax: (51) 3493 2233 - E-mail: abrh@abrh.org.br

ABRH NA REDE
Facebook     Linkedin     Twitter