Associação Brasileira de Recursos Hídricos
 
Facebook
Linkedin
Twitter
SISTEMA DE REVISÃO: SUBMETA SEU ARTIGO
   
Login / Cadastre-se
 
Clique para ampliar...

RBRH
Revista Brasileira de Recursos Hídricos
Brazilian Journal of Water Resources

ISSN 2318-0331

VOLUME. 20 - Nº. 1 - JAN/MAR - 2015
ARTIGO
Metais Tóxicos em sedimentos urbanos de superfícies asfálticas
Resumo:
Os sedimentos urbanos são a principal fonte de contaminação das águas pluviais por metais e outras substâncias potencialmente tóxicas nos centros urbanos. Nesta perspectiva, com intuito de mensurar a carga de sedimentos e a concentração de metais tóxicos em área urbana, amostras de sedimento foram coletadas em três ruas com diferentes tráfegos de veículos, por meio do método de aspiração e escovação a seco em seis parcelas experimentais de 0,5 (m²), em duas campanhas de amostragem com duração de 14 dias cada. As amostras foram analisadas quanto à distribuição granulométrica por difração a laser e determinação de metais por Espectrometria de Absorção Atômica em três frações granulométricas (<63 -m, 250-63 -m, 500-250 -m). Os resultados mostram que as cargas diárias de sedimento variaram de 0,48 a 99, 2 g/m² para as ruas amostradas. Da composição granulométrica, observou-se que cerca de 52% das frações do sedimento são < 500 -m, sendo que destas, a fração predominante está entre areia fina e silte, ou seja, entre 250-63 -m. Para os metais verificou se que as maiores concentrações estão preferencialmente nas partículas < 63 -m, e que segue em geral a seguinte ordem decrescente de concentração Fe > Mn > Cu > Pb > Zn > Cd > Cr. 
Palavras-chave: Sedimentos urbanos. Metais pesados. Contaminação. Águas pluviais. 

 

 

168 visualizações   112 downloads     Contabilizado a partir de 10/08/2014

 

 

 
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA
DE RECURSOS HÍDRICOS

Onde Estamos
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Caixa Postal 15029 - CEP 91501-970 - Porto Alegre - RS - Brasil

Nossos Contatos
Fone: (51) 3493 2233 / 3308 6652 - Fax: (51) 3493 2233 - E-mail: abrh@abrh.org.br

ABRH NA REDE
Facebook     Linkedin     Twitter