Associação Brasileira de Recursos Hídricos
 
Facebook
Linkedin
Twitter
SISTEMA DE REVISÃO: SUBMETA SEU ARTIGO
   
Login / Cadastre-se
 
Clique para ampliar...

RBRH
Revista Brasileira de Recursos Hídricos
Brazilian Journal of Water Resources

ISSN 2318-0331

VOLUME. 20 - Nº. 1 - JAN/MAR - 2015
ARTIGO
Análise de sensibilidade e estimação de uma fonte de contaminantes no estuário do Rio Macaé
Resumo:
A preservação dos recursos hídricos e seu correto manejo têm sido grandes desafios da atualidade. Uma forma de avaliar a qualidade de um corpo hídrico é através da análise de parâmetros biológicos, físicos e químicos, os quais podem ser convenientemente simulados através de modelos matemáticos e computacionais.
Tais ferramentas são bastante úteis, por sua capacidade de geração de cenários que possam embasar, por exemplo, tomadas de decisão. A região de estudo compreendeu o estuário do Rio Macaé, localizado na costa norte do estado do Rio de Janeiro. Com o objetivo de identificar a procedência e magnitude de um hipotético lançamento de poluente nas águas deste estuário, neste trabalho foi implementada a solução do problema de transporte de constituintes e então realizada uma análise de sensibilidade, com o intuito de avaliar a possível identificação da fonte de contaminantes frente ao modelo de transporte. Com os resultados promissores desta análise, foi então aplicado o método estocástico Luus-Jaakola para a estimação da localização da fonte de contaminantes única, pontual e constante. Os estudos permitiram concluir que este método possa ser uma importante ferramenta para a gestão dos recursos hídricos, auxiliando na identificação de possíveis responsáveis por passivos ambientais 
Palavras-chave: Transporte de poluentes. Gestão de recursos hídricos. Análise de sensibilidade. Identificação de fontes de contaminantes. 

 

 

Sensitivity analysis and estimation of a contaminant source in the Macaé River estuary
Abstract:
The preservation of water resources and their proper management have been major challenges. One way to evaluate the quality of a water body is through the analysis of biological, physical and chemical parameters, which can be conveniently simulated using mathematical and computational models. Such tools are quite useful for their ability to generate scenarios that may support, for example, decision making. The study area comprised the River Macaé estuary, located on the north coast of the state of Rio de Janeiro. In order to identify the origin and magnitude of a hypothetical release of pollutant into the waters of this estuary, the solution of the constituent transport problem was implemented in this study and then a sensitivity analysis was performed to evaluate the possible identification of a contaminant source. Given the promising results of this analysis, the Luus-Jaakola stochastic method was then applied in order to estimate the location of the single, point and constant source of contaminants. The studies showed that this method can be an important tool for water resources management, helping to identify those that are potentially responsible for environmental liabilities.
 
Keywords: Pollutant transport. Water management. Sensitivity analysis. Contaminant source identification.  

 

 

223 visualizações   156 downloads     Contabilizado a partir de 10/08/2014

 

 

 
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA
DE RECURSOS HÍDRICOS

Onde Estamos
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Caixa Postal 15029 - CEP 91501-970 - Porto Alegre - RS - Brasil

Nossos Contatos
Fone: (51) 3493 2233 / 3308 6652 - Fax: (51) 3493 2233 - E-mail: abrh@abrh.org.br

ABRH NA REDE
Facebook     Linkedin     Twitter