Associação Brasileira de Recursos Hídricos
 
Facebook
Linkedin
Twitter
SISTEMA DE REVISÃO: SUBMETA SEU ARTIGO
   
Login / Cadastre-se
 
Clique para ampliar...

RBRH
Revista Brasileira de Recursos Hídricos
Brazilian Journal of Water Resources

ISSN 2318-0331

VOLUME. 19 - Nº. 2 - ABR/JUN - 2014
ARTIGO
Uso de um ADCP para Estimar Concentrações de Material Particulado em Suspensão para o Estuário da Lagoa dos Patos, Brasil
Resumo:
Estuários, por definição, são sistemas costeiros bastante complexos. A conexão com o oceano e todos os efeitos relacionados com esta característica realçam a importância do estudo e conhecimento desses sistemas. O material particulado em suspensão (MPS) é um elemento importante existente na circulação estuarina, cuja distribuição é totalmente dependente da hidrodinâmica e tem relação direta com diversos aspectos na circulação estuarina. Neste trabalho foi aplicada uma metodologia de conversão do retroespalhamento do sinal acústico de um ADCP SONTEK de 1,5 MHz de frequência em concentrações de MPS para a área estuarina da Lagoa dos Patos, uma laguna de grande extensão localizada no sul extremo sul do Brasil. Os dados foram coletados por sete cruzeiros realizados na área de estudo de fevereiro a outubro de 2012. Os resultados mostraram uma boa correlação obtida no processo de calibração (r2 = 0,75) e uma boa concordância entre os dados in situ e os dados estimados. No entanto, na correlação entre as séries in situ e estimadas pela reta de calibração (r2 = 0,66)foi observado um melhor ajuste para concentrações mais baixas. Esse problema foi devido a procedimento de calibração pontual (falta de um instrumento óptico para calibração) e a dinâmica e distribuição do MPS na área de estudo durante o período das amostragens. Além disso, a equação de conversão obtida foi aplicada em dados acústicos coletados em um levantamento de curta duração realizado em 2010 na área de estudo com o mesmo ADCP, com o objetivo de se calcular taxas de exportação de MPS. Os resultados demonstraram boa concordância com os perfis de velocidade do ADCP, mas o problema relativo à calibração produziu alguns dados espúrios (concentrações muito elevadas de MPS). Em conclusão, este estudo produziu bons resultados para a área de estudo, mas de forma a aprimorar os resultados obtidos uma pesquisa detalhada sobre o MPS deve ser aplicada, principalmente em relaçãoao processo de calibração. 
Palavras-chave: Material particulado em suspensão, perfiladores acústicos por efeito Doppler, estuário da Lagoa dos Patos 

 

 

131 visualizações   85 downloads     Contabilizado a partir de 10/08/2014

 

 

 
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA
DE RECURSOS HÍDRICOS

Onde Estamos
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Caixa Postal 15029 - CEP 91501-970 - Porto Alegre - RS - Brasil

Nossos Contatos
Fone: (51) 3493 2233 / 3308 6652 - Fax: (51) 3493 2233 - E-mail: abrh@abrh.org.br

ABRH NA REDE
Facebook     Linkedin     Twitter