Associação Brasileira de Recursos Hídricos
 
Facebook
Linkedin
Twitter
SISTEMA DE REVISÃO: SUBMETA SEU ARTIGO
   
Login / Cadastre-se
 
Clique para ampliar...

RBRH
Revista Brasileira de Recursos Hídricos
Brazilian Journal of Water Resources

ISSN 2318-0331

VOLUME. 19 - Nº. 1 - JAN/MAR - 2014
ARTIGO
Evapotranspiração Real da Bacia do Alto Rio Negro, Região Sul Brasileira, por meio do SEBAL (Surface Energy Balance Algorithm for Land) e Balanço Hídric
Resumo:
Informações espaciais de evapotranspiração real podem ajudar a relacionar uso do solo e uso da água, bem como, auxiliar a compreensão das demandas hídricas em uma bacia hidrográfica. O Surface Energy Balance Algorithm for Land (SEBAL) é um modelo que estima a evapotranspiração real distribuída pelo balanço de energia à superfície, utilizando técnicas de sensoriamento remoto. A bacia do alto Rio Negro (BARN) possui 3454 km2, localiza-se no Planalto Norte Catarinense e no Primeiro Planalto Paranaense, com quase metade de sua área coberta por Floresta Ombrófila Mista (FOM). A FOM
pertence ao bioma mata atlântica, que abriga de 1 a 8% do total de espécies de fauna e flora do planeta e tem, atualmente, 11,7% de sua área original. Os objetivos deste estudo foram (i) estimar a evapotranspiração real na BARN por meio do SEBAL e de imagens do sensor Advanced Spaceborne Thermal Emission and Reflection Radiometer (ASTER) em diferentes usos e coberturas do solo; e (ii) avaliar e comparar as estimativas do SEBAL com dados obtidos pelo balanço hídrico sazonal. Para a aplicação do SEBAL foram utilizadas imagens ASTER de abril de 2006 e dados meteorológicos. Foram observados os menores valores médios de evapotranspiração para as áreas com maior interferência antrópica, como solo exposto e áreas urbanas e os maiores para as áreas mais conservadas, como florestas e água. Solo exposto claro e área urbana apresentaram as menores médias (2,2 e 2,4 mm dia-1, respectivamente). Para FOM, reflorestamentos de Pinus sp e água, os valores observados foram de 4,1 mm dia-1, 4,3 mm dia-1 e 5,0 mm dia-1, respectivamente. As áreas de floresta (abrangem 71% da bacia) são as que mais contribuem para a perda de água da bacia do alto Rio Negro e apresentam altas taxas evapotranspirativas.
Destaca-se a importância de estudos relacionados ao papel da FOM e dos reflorestamentos no balanço hídrico da bacia. Em escala mensal, o SEBAL simula o comportamento sazonal da evapotranspiração em função das condições climáticas. 
Palavras-chave: evapotranspiração real, SEBAL, ASTER, balanço hídrico sazonal, bacia do alto Rio Negro. 

 

 

103 visualizações   67 downloads     Contabilizado a partir de 10/08/2014

 

 

 
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA
DE RECURSOS HÍDRICOS

Onde Estamos
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Caixa Postal 15029 - CEP 91501-970 - Porto Alegre - RS - Brasil

Nossos Contatos
Fone: (51) 3493 2233 / 3308 6652 - Fax: (51) 3493 2233 - E-mail: abrh@abrh.org.br

ABRH NA REDE
Facebook     Linkedin     Twitter