Associação Brasileira de Recursos Hídricos
 
Facebook
Linkedin
Twitter
SISTEMA DE REVISÃO: SUBMETA SEU ARTIGO
   
Login / Cadastre-se
 
Clique para ampliar...

RBRH
Revista Brasileira de Recursos Hídricos
Brazilian Journal of Water Resources

ISSN 2318-0331

VOLUME. 20 - Nº. 2 - ABR/JUN - 2015
ARTIGO
Caracterização da formação de cheias na bacia do rio Una em Pernambuco: simulação hidrológica-hidrodinâmica
Resumo:
Em junho de 2010, ocorreu nos Estados de Pernambuco e Alagoas um evento hidrológico que causou severos danos às cidades localizadas nas margens dos principais rios da zona da Mata dos dois Estados. A bacia do rio Una foi uma das mais afetadas pela cheia. Com uma área de 6.704,0 km2, a bacia do rio Una está localizada na região da Mata Sul e Agreste do Estado de Pernambuco. Para reconstituir o evento de junho 2010, utilizou-se o modelo chuva-vazão HEC-HMS e o modelo hidrodinâmico HEC-RAS. A geometria do leito menor e maior do rio Una e seu afluente Pirangi foi determinada por meio de levantamento com técnica LiDAR (Light Detection and Ranging), que utiliza feixes de laser emitidos a partir de uma aeronave para escanear a área do rio e adjacências. O objetivo do artigo é simular os eventos de cheia ocorridos na bacia hidrográfica do rio Una, observando os principais aspectos que influenciam a formação da cheia no rio e como isso influencia o processo de calibração dos modelos. Foram testados modos de calibração contínuo e por eventos, ambos de forma manual. Verificou-se que a simulação contínua inviabiliza o uso de um conjunto único de parâmetros para os períodos chuvoso e de estiagem. A melhor opção foi calibrar os modelos com dois eventos de cheia e verificar com outros seis eventos. Em seguida, reconstituiu-se o evento de 2010 para estimativa da vazão ocorrida, pois entende-se que esse foi o mais severo já ocorrido a despeito da falta de registro de vazão. O resultado pôde ser comparado apenas com a profundidade da água espacializada na cidade de Palmares. Observou-se superestimação da profundidade calculada pelo modelo HEC-RAS, mas uma boa aderência à abrangência da área inundada. 
Palavras-chave: Cheias ribeirinhas. Eventos extremos. Bacia do rio Una. LiDAR 

 

 

325 visualizações   190 downloads     Contabilizado a partir de 10/08/2014

 

 

 
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA
DE RECURSOS HÍDRICOS

Onde Estamos
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Caixa Postal 15029 - CEP 91501-970 - Porto Alegre - RS - Brasil

Nossos Contatos
Fone: (51) 3493 2233 / 3308 6652 - Fax: (51) 3493 2233 - E-mail: abrh@abrh.org.br

ABRH NA REDE
Facebook     Linkedin     Twitter