Associação Brasileira de Recursos Hídricos
 
Facebook
Linkedin
Twitter
SISTEMA DE REVISÃO: SUBMETA SEU ARTIGO
   
Login / Cadastre-se
 
Clique para ampliar...

RBRH
Revista Brasileira de Recursos Hídricos
Brazilian Journal of Water Resources

ISSN 2318-0331

VOLUME. 20 - Nº. 4 - OUT/DEZ - 2015
ARTIGO
Mudanças climáticas e vazões extremas na Bacia do Rio Paraná / Climate Change and Extreme Streamflows in Paraná River Basin
Resumo:
RESUMO

A bacia do rio Paraná é um grande sistema fluvial da América Latina, com área, até confluência com o rio Iguaçu, de 800.000 km² ao longo de seis estados brasileiros (Minas Gerais, São Paulo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Paraná e Distrito Federal). Diferentes usos da água nesta região, como a geração de energia hidrelétrica (incluindo Itaipu), agricultura e abastecimento de água humano dependem do comportamento hidrológico e características climáticas da bacia. Portanto, para melhor gestão dos recursos hídricos, é importante o conhecimento dos processos hidrológicos, como o regime de vazões e suas possíveis respostas às mudanças climáticas. Este estudo apresenta o uso do modelo hidrológico distribuído MGB-IPH para avaliar o impacto das mudanças climáticas sobre as vazões máximas e mínimas, em diferentes pontos de controle na bacia do rio Paraná. Projeções de variáveis --climáticas, de quatro membros do modelo climático regional ETA-CPTEC, sob o cenário de emissões A1B, foram utilizadas para executar o modelo hidrológico. As vazões anuais simuladas (máximas e mínimas) foram analisadas --ao longo de quatro intervalos de tempo de 30 anos (1961-1990, 2011-2040, 2041-2070 e 2071-2100). Os resultados mostram que os impactos sobre as vazões são altamente dependentes do membro do modelo utilizado para obter as projeções climáticas. Na maioria dos casos as vazões máximas projetadas estão dentro dos limites de incerteza em relação às series atuais. No geral os resultados sugerem que a variabilidade natural do clima pode ser tão importante quanto a influência de mudanças climáticas.

Palavras Chave: Mudanças climáticas. Vazões extremas. Modelo climático regional. Modelo hidrológico.


ABSTRACT

The Parana River basin is a large river system in Latin America, with a drainage area of 800,000 km² until the confluence with the Iguaçu River, flowing through six Brazilian states (Minas Gerais, São Paulo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Paraná and the Federal District). Multiple water uses in this region are included hydroelectric power generation (including Itaipu), agriculture and human water supply, which depend on the hydrology and climate characteristics of the basin. To allow better water resources management, it is important to know hydrological processes, flow rates, and possible responses to climate changes. This study presents the use of the distributed hydrological model MGB-IPH to assess the impact of climate change on maximum and minimum flows at different control points in the Paraná River basin. Projections of climate variables, based on four members of the regional climate model ETA-CPTEC, under the A1B emissions scenario, were used to run the hydrological model. The simulated annual flow rates (maximum and minimum) were analyzed over four time intervals of 30 years (1961-1990, 2011-2040, 2041-2070 and 2071-2100). Results show that impacts on flow rates depend to a large extent on the member of the model used for climate projections. In most cases the projected peak flows are within the range of uncertainty regarding current series. Overall the results suggest that natural climate variability can be as important as the influence of climate change.

Keywords: Climate change. Extreme streamflows. Regional climate model. Hydrological model. 
Palavras-chave: Mudanças climáticas. Vazões extremas. Modelo climático regional. Modelo hidrológico./ Climate change. Extreme streamflows. Regional climate model. Hydrological model. 

 

 

403 visualizações   229 downloads     Contabilizado a partir de 10/08/2014

 

 

 
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA
DE RECURSOS HÍDRICOS

Onde Estamos
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Caixa Postal 15029 - CEP 91501-970 - Porto Alegre - RS - Brasil

Nossos Contatos
Fone: (51) 3493 2233 / 3308 6652 - Fax: (51) 3493 2233 - E-mail: abrh@abrh.org.br

ABRH NA REDE
Facebook     Linkedin     Twitter