Associação Brasileira de Recursos Hídricos
 
Facebook
Linkedin
Twitter
SISTEMA DE REVISÃO: SUBMETA SEU ARTIGO
   
Login / Cadastre-se
 
Clique para ampliar...

RBRH
Revista Brasileira de Recursos Hídricos
Brazilian Journal of Water Resources

ISSN 2318-0331

VOLUME. 18 - Nº. 3 - JUL/SET - 2013
ARTIGO
Sobre o Início da Rede de Drenagem Definida a Partir dos Modelos Digitais de Elevação
Resumo:
Atualmente é comum determinar a rede de drenagem, os divisores de água e a delimitação de bacias hidrográficas de forma automática, a partir de informações de relevo, representadas na forma de uma matriz de altitudes, os chamados modelos digitais de elevação (MDE). Uma etapa fundamental desta metodologia é a obtenção da hidrografia arbitrando um
limite inferior de área de drenagem a partir do qual um pixel do MDE é considerado como parte da rede de drenagem. O valor deste limite, no entanto, pode variar em diferentes regiões, dependendo das características físicas locais e dos objetivos do mapeamento. Neste artigo são propostos alguns critérios que podem servir para definir a área de drenagem mínima necessária para a melhor representação das nascentes, ou do início da rede de drenagem, a partir do processamento de um MDE.
Os critérios foram desenvolvidos a partir da análise de 28 bacias em diferentes regiões do Brasil, onde o valor da melhor área
de drenagem limite foi estimado com base na comparação entre a rede de drenagem derivada do MDE e as nascentes identificadas
em imagens de satélite de alta resolução. Nas mesmas regiões foram obtidos dados de características geológicas, declividade
média, precipitação média anual e vazões. Como resultado foram identificadas relações gerais para o valor da área de
drenagem mínima (ou limiar de área de drenagem) em função do tipo de geologia (porosa ou fissural), declividade média da
bacia e relação Q90/Q50, de tal forma que os valores determinados podem servir como fundamento inicial para definição da
área limite para início da rede de drenagem. Além disso, verificou-se que o uso de um único valor de área mínima para
bacias com características físicas variadas pode ser inapropriado. Dessa forma foi sugerido uma metodologia para a delimitação
da rede de drenagem para áreas compostas por regiões físicas distintas. Espera-se que este método seja utilizado como
uma função de geoprocessamento para bacias heterogêneas. 
Palavras-chave: Modelo Digital de Elevação. Rede de Drenagem. Geoprocessamento. SIG. 

 

 

154 visualizações   88 downloads     Contabilizado a partir de 10/08/2014

 

 

 
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA
DE RECURSOS HÍDRICOS

Onde Estamos
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Caixa Postal 15029 - CEP 91501-970 - Porto Alegre - RS - Brasil

Nossos Contatos
Fone: (51) 3493 2233 / 3308 6652 - Fax: (51) 3493 2233 - E-mail: abrh@abrh.org.br

ABRH NA REDE
Facebook     Linkedin     Twitter