Associação Brasileira de Recursos Hídricos
 
Facebook
Linkedin
Twitter
SISTEMA DE REVISÃO: SUBMETA SEU ARTIGO
   
Login / Cadastre-se
 
Clique para ampliar...

RBRH
Revista Brasileira de Recursos Hídricos
Brazilian Journal of Water Resources

ISSN 2318-0331

VOLUME. 16 - Nº. 4 - OUT/DEZ - 2011
ARTIGO
Um Modelo de Outorga para Bacias Controladas por Reservatórios: 2 - Aplicação do Modelo na Bacia Hidrográfica do Rio Piancó - PB
Resumo:
A outorga, um importante instrumento previsto na Lei 9.433./97 e em leis estaduais específicas, é de fundamental importância para o gerenciamento dos recursos hídricos, pois assegura os direitos de acesso e uso quantitativo e qualitativo da água. Vários métodos, principalmente aqueles baseados em vazão referencial, têm sido desenvolvidos, aprimorados e utilizados para a aplicação deste instrumento em bacias hidrográficas. Vazões regularizadas têm sido usadas como vazões referenciais no processo de outorga em bacias controladas por reservatórios. No entanto, para se obter maior eficiência na alocação quantitativa da água entre os usuários d'água em bacias controladas por reservatórios, com especial atenção à região semi-árida nordestina, os métodos apresentados na literatura não consideram, de forma simultânea, a variabilidade, a confiabilidade, a localização e a prioridade no atendimento das demandas hídricas e a sua disponibilidade e dinâmica hídrica espacial. Portanto, um modelo de otimização que contemplasse tais requerimentos num processo de outorga, baseado em programação linear, foi desenvolvido e apresentou resultados satisfatórios quando aplicado em uma bacia controlada por reservatórios. 
Palavras-chave: Outorga, modelo, otimização, programação linear. 

 

 

85 visualizações   47 downloads     Contabilizado a partir de 10/08/2014

 

 

 
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA
DE RECURSOS HÍDRICOS

Onde Estamos
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Caixa Postal 15029 - CEP 91501-970 - Porto Alegre - RS - Brasil

Nossos Contatos
Fone: (51) 3493 2233 / 3308 6652 - Fax: (51) 3493 2233 - E-mail: abrh@abrh.org.br

ABRH NA REDE
Facebook     Linkedin     Twitter