Associação Brasileira de Recursos Hídricos
 
Facebook
Linkedin
Twitter
SISTEMA DE REVISÃO: SUBMETA SEU ARTIGO
   
Login / Cadastre-se
 
 

ITAIPU BINACIONAL

A Itaipu Binacional e as boas práticas

na gestão dos recursos hídricos

 

 

A Itaipu Binacional é resultado das diversas “engenharias” empregadas em sua criação – não só as engenharias civil, mecânica e elétrica, necessárias para a geração de energia, mas também as engenharias diplomática, jurídica, financeira e socioambiental que viabilizaram o projeto.

 

Juntos, brasileiros e paraguaios, venceram o desafio de converter em energia elétrica as águas do Paraná, um dos mais caudalosos rios do mundo. Para isso, a hidrelétrica conta com 20 unidades geradoras, que somam uma potência instalada de 14 mil megawatts.

 

Hoje, o alcance dessa usina se estende para muito além da produção energética de qualidade. Responsável por 17% do abastecimento de energia do Brasil e por 73% do fornecimento ao Paraguai, a Itaipu converteu-se em uma das principais molas propulsoras do desenvolvimento econômico e social da região de fronteira entre esses dois países.

 

A missão da empresa incorpora a responsabilidade social e ambiental, o que se traduz em inúmeros programas voltados ao turismo, à geração de novas tecnologias, ao meio ambiente e às comunidades localizadas no entorno da usina e do reservatório.

 

São ações que fazem da maior hidrelétrica do mundo um modelo para novos projetos do setor elétrico e que comprovam que a hidroeletricidade pode trazer consigo a inclusão social e a preservação da natureza.

 

A preocupação com o meio ambiente, a propósito, é algo que faz parte da história de Itaipu. A partir de 2003, as ações nesse campo passaram a estar concentradas no programa Cultivando Água Boa, que abrange todas as 29 microbacias hidrográficas que deságuam no reservatório de Itaipu. Isso por que, para garantir a qualidade da água do lago, os cuidados devem ser tomados desde as nascentes.

 

O programa abrange iniciativas como a reposição de matas ciliares, eliminação de pontos de poluição, readequação de estradas, implantação de corredores de biodiversidade, monitoramento de espécies em extinção, manejo sustentável da pesca, formação de educadores ambientais, entre muitas outras.

 

Uma característica importante é o envolvimento da comunidade: são mais de 2 mil parceiros que ajudam a implantar, manter e promover uma nova forma de se relacionar com o meio ambiente, calcada na Ética do Cuidado.

 

Nesse contexto, são fundamentais as atividades de monitoramento e avaliação da qualidade da água e do meio ambiente, algo que a Itaipu realiza desde antes de sua construção. Hoje, esse trabalho é realizado não apenas pela usina, dentro de seu Laboratório Ambiental, mas pela própria comunidade, por meio do Monitoramento Participativo. A partir dele, são elaborados diagnósticos de sua área de influência (a Bacia Hidrográfica do Rio Paraná – Parte 3), e fornecidos parâmetros e indicadores para orientar e atestar as ações desenvolvidas.

 

Esses resultados têm sido fundamentais para orientar o programa Cultivando Água Boa como um todo. Além dos benefícios para as comunidades do entorno, esse trabalho tem sido também de grande utilidade para os comitês gestores de bacias. As informações obtidas pelo monitoramento permitem elaborar um Plano de Gerenciamento da Bacia detalhado, com base em dados concretos, o que dá suporte às decisões quanto aos padrões de qualidade da água compatíveis com seus usos múltiplos.

 

Ainda nessa linha de zelar pelo bom manejo dos recursos hídricos, também se destaca o trabalho de monitoramento de sedimentos, realizado pela Itaipu em 14 pontos de medição distribuídos ao longo do reservatório da usina e à montante.

 

Com todas essas iniciativas, a hidrelétrica vem procurando assegurar a longevidade de seu reservatório, assim como o bom aproveitamento de seu principal ativo para a geração de energia: a água.

 

 

          

Contato:

 

http://www.itaipu.gov.br

 

Usina Hidrelétrica de Itaipu
Av. Tancredo Neves, 6.731
85856-970  Foz do Iguaçu, Paraná, Brasil
Fone: (45) 3520-5252

 

Curitiba
Rua Comendador Araújo, 551 - Edifício Parigot de Souza
80420-000 Curitiba, Paraná, Brasil
Fone: (41) 3321-4411

 

Brasília
SHS Quadra 6, Conjunto A Bloco A, Sala 103
Centro Empresarial Brasil 21
70316-100 Brasília, Distrito Federal, Brasil
Fone: (61) 3223-0739 - Fax: (61) 3223-0555

 

Ciudad del Este
Centro Administrativo - Ruta Internacional, km 3,5
Av. Monseñor Rodriguez, 150
Ciudad del Este, Dept° Alto Paraná, Paraguai
Fone: 00 595 61 599-8989

 

Assunção
Calle De La Residenta, 1075
Caixa Postal CC6919 - ASU
Assunção, Paraguay
Fone: 00 595 21 248-1000

           

 

 

 

 
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA
DE RECURSOS HÍDRICOS

Onde Estamos
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Caixa Postal 15029 - CEP 91501-970 - Porto Alegre - RS - Brasil

Nossos Contatos
Fone: (51) 3493 2233 / 3308 6652 - Fax: (51) 3493 2233 - E-mail: abrh@abrh.org.br

ABRH NA REDE
Facebook     Linkedin     Twitter